Skip directly to content

Blog

5 DICAS PARA PROTEGER OS JOELHOS

Correr, fazer exercícios na academia ou caminhar. Esses exercícios executados de maneira correta ou com muita frequência podem causar pequenos problemas nos joelhos. Veja como evitar o problema

 

1-Quando estiver na academia, lembre-se de exercitar a musculatura posterior e inferior das coxas de forma racional. Se houver descompasso entre as duas regiões pode ocorrer o aumento do risco de lesões.
 
2-Esportes que exigem mudanças de direção em alta velocidade, como futebol ou basquete, estão entre as principais causas de danos nos joelhos.

Dr. Fernando Arruda representa o Estado em congresso internacional de ortopedia

O médico campo-grandense (MS), especialista em ortopedista - Fernando Arruda participa, na próxima semana, do Current Concepts in Joint Replacement  -CCJR - (Conceitos atuais em substituição das articulações, que acontece de 9 a 12 de dezembro, em Orlando – Flórida (USA).
 
 
O encontro reune os dezenas de cirurgiões ortopédicos que contribuem para a educação de milhares de outros profissionais em todo o mundo.

Dr. Fernando Arruda participa da 1ª Jornada de Cirurgia de Joelho

O médico ortopedista, especialista em joelho, Fernando Arruda, foi um dos palestrantes da 1ª Jornada de Cirurgia de Joelho, que aconteceu no último sábado (28), no auditório do LACUFMS, em Campo Grande. Entre os assuntos abordados, estavam: Artroplastia de Joelho com o Dr. Roberto Antoniolli, chefe da unidade de ortopedia do Humap, Instabilidade PateloFemoral, ministrada pelo Dr.Fernando Arruda, além de Osteotomia da Tíbia Proximal, com  Dr. Ricardo Mendes e Artrodose de Joelho, proferida pelo Dr. Leonardo Nunes Matos.
 
O evento [e uma promoção do Serviço de Ortopedia e Traumatologia do

UFMS sedia Jornada de Cirurgia de joelho no dia 28

A 1ª Jornada de Cirurgia de Joelho está marcada para 28 de novembro no auditório do LACUFMS, em Campo Grande. O evento contará com palestras de profissionais da
área. A programação vai das 07h30 às 12h30.
 
Entre os assuntos a serem abordados, estão: Artroplastia de Joelho com o Dr. Roberto Antoniolli, chefe da unidade de ortopedia do Humap, Instabilidade PateloFemoral,
que será ministrada pelo Dr.Fernando Arruda, além de Osteotomia da Tíbia Proximal, com  Dr. Ricardo Mendes e Artrodose de Joelho, proferida pelo Dr. Leonardo Nunes Matos.
O evento é promovido pelo Serviço de Ortopedia e

Como tratar o desgaste das articulações?

Se seus joelhos ou pulsos começarem a doer, não deixe que passe muito tempo para consultar um médico. É vital nesses casos a prevenção e tratamento com antecipação.

Esse tipo de dor geralmente está associada ao desgaste das articulações que pode resultar em artrite ou artrose, doenças que geram muita dor e transtornos. Nada melhor do que dar uma olhada para aprender mais sobre situações como essas.

O que pode causar o desgaste nas articulações?

São muitas as razões pelas quais uma pessoa começa a sofrer com problemas nas articulações. As mais frequentes são:

  • A idade: os anos produzem

Dor na lateral do joelho: saiba como reconhecer, tratar e evitar a SABI

Extremamente comum entre praticantes decorrida de rua, a síndrome do atrito da banda iliotibial (SABI) é uma frequente de dor lateral do joelho, considerada como esforço repetitivo e, geralmente, tratada com sucesso com uma abordagem conservadora. 

Fatores biomecânicos individuais como as dismetrias (diferença de comprimento dos membros inferiores), pisadas excessivamentepronadas, que causam rotação interna da tíbia, genu varum, ou “joelhos de cowboys”, e encurtamento da fáscia lata (estrutura fibrosa que envolve a porção lateral da coxa), estão ligados à gênese da doença. As fraquezas dos

O que fazer para aliviar a dor no joelho

A dor no joelho é um sintoma que pode surgir devido ao desgaste da articulação, ao excesso de peso ou às lesões esportivas que podem acontecer no jogo de futebol ou durante uma corrida, por exemplo.

Porém, quando a dor no joelho impede o caminhar ou piora ao longo do tempo, pode ser sinal de um problema mais grave, como rompimento dos ligamentos, osteoartrite ou cisto de Baker, que podem ser confirmados através de exames como o raio-x ou tomografia computadorizada.

No entanto, a dor no joelho, na maioria dos casos, não é grave e pode ser tratada em casa com a aplicação de gelo 2 vezes por

Dez dicas para manter joelhos saudáveis e longe de lesões

Hoje existe um consenso mundial de que o sedentarismo é o principal responsável pelo desequilíbrio e fraqueza muscular com repercussões no joelho. Vai começar a praticar um esporte e teme desenvolver lesões nos joelhos?

Seguem algumas dicas preventivas baseadas em estudos atuais:

- Pratique esportes
A construção de músculos fortes nos quadríceps e isquiotibiais (anteriores e posteriores da coxa) pode diminuir a dor e ajudar as pessoas a tolerarem melhor algumas doenças. Manter-se ativo também, ajuda a controlar o peso. A chave é saber seus limites.

- Peça orientações a um traumatologista do

Tendinite patelar: como evitar e ter joelhos saudáveis!

A articulação dos joelhos é a mais complexa do corpo humano. E os problemas ligados a eles são os mais comuns nas causas que restringem a execução de atividades físicas.

Entre os atletas, as mulheres são as que têm maior incidência de problemas nos joelhos. Entre as causas, a mais recorrente está na distribuição desigual de carga devido a formação dos joelhos em X, aumentando a chance de lesões. 

 

×Tipos de lesões

 

As tendinites são as as mais comuns entre os corredores e a tendinite patelar também conhecida como “joelho do saltador”, a que mais os assombra.

Corrida: mulheres lesionam o joelho sete vezes mais do que os homens

A quantidade de mulheres que praticam a corrida de rua vem aumentando. Desde que a americana Kathrine Switzer correu a Maratona de Boston, em 1967, disfarçada de homem, e quebrou o tabu de que as mulheres não tinham força e resistência para correr os 42km, as mulheres não pararam mais. Elas aderiram ao movimento de saúde e qualidade de vida através da caminhada e corrida. Porém, estudos publicados nos últimos 20 anos mostram que as mulheres não apenas estão se lesionando, mas possuem taxas absurdamente maiores do que os homens.

Páginas