Skip directly to content

Blog

Joelhos estalando? Veja o que isso pode significar

Ter o joelho estalando pode não ser nada de especial, pode ser sinal de artrose do joelho ou até mesmo de problemas na coluna. Muitas vezes quando uma determinada região não está bem, o corpo por um mecanismo de compensação, acaba forçando uma outra região. É o que acontece muito frequentemente com os problemas de coluna. E coluna, quadris, joelhos e tornozelos estão intimamente ligados.
 
O joelho estalando indica uma creptação da patela, que pode ser causada também por uma atrose, causada pelo processo natural de envelhecimento, uma pancada ou inflamação.

Dores no joelho: saiba como cuidar dessa articulação e evitar lesões

Se um corredor te pedir para adivinhar em qual parte do corpo está sentindo dor e você disser “joelho”, você tem quase 50% de chance de acertar. O joelho é a articulação do corpo que mais apresenta dores entre atletas, especialmente nos esportes que envolvem corrida. A dor no joelho é tão frequente entre corredores que existe até uma situação clínica chamada “joelho de corredor”.
 
O joelho de corredor se refere à Síndrome da dor femoropatelar, na qual o principal sintoma é dor na região anterior do joelho, atrás da patela (rótula). Ela acontece devido a uma sobrecarga na região entre a

'Joelho de corredor': saiba o que é a condromalácia patelar e como evitá-la

A condromalácia patelar é uma das lesões típicas de corredor. Ela é um dos componentes da síndrome femoropatelar, patologia também chamada de “joelho de corredor”.
 
 
Na condromalácia patelar há uma lesão na cartilagem anterior do joelho (patela), que pode ir de um amolecimento até uma perda completa de parte da cartilagem. Alto impacto, desequilíbrio muscular e desalinhamentos que geram sobrecarga no joelho são alguns dos fatores causadores dessa lesão.

Sentir dor nos joelhos ao praticar esportes não é normal, diz Dr. Fernando

“Sentir dor nos joelhos ao praticar esportes é mais comum do que se pensa. Difícil é detectar a existência de alguma síndrome sem o diagnóstico de um especialista”, explica o médico ortopedista especialista em joelhos Dr. Fernando Arruda.

As lesões podem ser na cartilagem, no tendão, nos ligamentos e até no osso. E isso pode acontecer tanto com o corredor amador como com o profissional. Para o ortopedista Fernando, o mais preocupante é quando o paciente protela uma consulta e só resolve procurar ajuda quando a dor se torna mais crescente ou ainda quando ocorre um trauma ou queda.

“Não é

As dores articulares atingem os praticantes de esporte e idosos

As dores articulares são comuns e atingem milhões de pessoas, causando impotência funcional e dificuldade para se locomover. A artrose ou osteoartrose ocorre com certa frequência em pessoas de meia-idade, idosos ou em praticantes de esportes que geram sobrecarga nas articulações. É o chamado "desgaste", mas sabe-se que ela é uma doença do conjunto, que envolve a cartilagem, revestimento articular, ligamentos e ossos.
Os quadros agudos inflamatórios dessas articulações, são conhecidos como osteoartrite ou apenas artrite, e tem mais relação com os quadros reumatológicos ou simplesmente

Vida Longa aos joelhos

Ninguém está imune aos males nessa articulação. Os traumas ocorrem em homens, mulheres, jovens e idosos, sedentários e atletas. Entenda quais são as melhores estratégias para poupá-los nas situações cotidianas.
 
 
O joelho é a maior e uma das principais articulações do corpo humano. É dividido em duas articulações distintas: uma entre o fêmur e a tíbia, chamada de femorotibial e outra entre o fêmur e a patela, denominada femoropatelar.

Prática de exercícios e a escolha dos calçados certos podem evitar problemas na maior articulação do corpo

Os joelhos, a maior articulação do corpo humano e que une o fêmur à tíbia e à patela, são uma estrutura de absorção de carga e energia que aguenta todo o peso corporal quando andamos e corremos e por isso, devem ser tratados com cuidado para evitar lesões. Conheça as precauções que você deve ter para não ter problemas com os joelhos.

 

 

Segundo especialistas, o sedentarismo é uma das maiores causas de problemas nos joelhos. Ficar muito tempo sentado leva ao enfraquecimento da musculatura, a qual deve ser fortalecida para sustentar a maior articulação do corpo.

Exercícios mal feitos podem proporcionar roturas meniscais, ligamentares e tendinosas

O joelho é a maior articulação do corpo, responsável pela sustentação de 70% do peso do organismo. Estrutura complexa, bastante suscetível a traumas, também é sede de várias afecções, como artrites, bursites e tendinites. É afetada pelo esforço excessivo e pela sobrecarga corporal (sobrepeso ou obesidade). Por isso, surgem de forma cada vez mais precoce e comum, o que faz com que as doenças degenerativas das articulações figurem entre as líderes entre as queixas em consultório.
 
 
Não é por acaso, portanto, que prevenção é a palavra de ordem no tratamento dos joelhos.

Cuide do seu peso para ter joelhos mais saudáveis

Mais de 15% da população brasileira está obesa e cerca da metade está acima do peso, segundo dados do Ministério da Saúde. A obesidade e o sobrepeso são prejudiciais para a saúde como um todo, inclusive para a dos joelhos.
 
 
Isso porque cada quilo extra representa 8 quilos de sobrecarga para o joelho. Imagine uma pessoa com 10, 20 ou até 30 quilos acima do peso ideal? Certamente deve sofrer de dores nos joelhos, que trabalham de forma forçada para suportar as atividades do dia a dia.
 
A obesidade é uma das causas mais comuns de redução da vida útil dos joelhos, além de poder causar

Mais atenção com os joelhos - cuidados simples fazem toda a diferença

Responsáveis por carregar grande parte do peso do corpo, os joelhos têm a articulação mais complexa. Por isso, eles precisam de cuidados especiais para não apresentar problemas.
 
Exercícios mal-feitos na academia e algumas atividades diárias podem causar lesões e dores constantes. “Usar muito salto alto contribui para as dores nos joelhos. Por isso, as mulheres estão mais predispostas do que os homens a sofrer lesões”, explica o fisioterapeuta Edmílson Poloni.
As mulheres que usam salto, por exemplo, devem pisar encostando primeiro o calcanhar no solo para depois apoiar a planta do pé.

Páginas